como aumentar o capital de giro como aumentar o capital de giro

5 dicas de como aumentar o capital de giro do seu negócio

6 minutos para ler

Se você chegou até este artigo procurando por informações sobre como aumentar o capital de giro de sua empresa, provavelmente, deve ter se deparado com dificuldades para arcar com as responsabilidades financeiras do negócio, não é verdade? Neste conteúdo, mostraremos o que você precisa saber sobre para que serve o capital de giro e por que ele é tão importante.

Além disso, você verá 5 ótimas dicas para mudar essa realidade em sua organização. Quer saber mais sobre o assunto? Então, acompanhe a leitura para conferir!

O que é capital de giro?

De forma simplificada, trata-se do ativo circulante de uma organização, que tem como principal finalidade custear as despesas fixas e variáveis. Em outras palavras, é o montante financeiro que se encontra em:

  • investimentos líquidos — títulos do tesouro, ações, etc.;
  • estoques;
  • pagamentos a receber;
  • capital em contas bancárias;
  • propriedades — bens móveis ou imóveis.

Também, tudo mais que possa ser convertido para a manutenção do bom funcionamento da empresa e para o cumprimento de suas obrigações negociais. Por isso, é correto afirmar que investimentos fixos se diferenciam do capital de giro.

Como funciona o capital de giro, na prática?

Pense no contexto de uma empresa que vendeu um determinado produto em maio, porém só receberá o valor correspondente em julho. Para que ela continue pagando as despesas fixas do mês de junho, precisa ter capital de giro. Isto é, ele atua como uma espécie de reserva financeira ou banco, do qual a própria organização “empresta” recursos até que receba seus pagamentos.

Por que ele é importante?

Porque representa quanto o negócio pode dispôr para suprir suas necessidades e arcar com obrigações e contas. Empresas que operam com pouco capital de giro têm maior risco de se endividar, já que ficam expostas a eventualidades como despesas imprevistas, recessões econômicas e possíveis eventualidades de mercado.

Isso quer dizer que a saúde financeira da organização está diretamente relacionada ao capital de giro. Portanto, é imprescindível saber como manter o seu fluxo de caixa sempre alto.

Como aumentar o capital de giro?

Agora que você já sabe o que é e entende a sua importância, mostraremos algumas boas práticas sobre como aumentar o capital de giro do negócio.

1. Faça uma boa gestão financeira

Muitos empresários têm grandes dificuldades quando o assunto é lidar com as finanças do próprio negócio. Um exemplo comum de erro cometido é a mistura das movimentações financeiras pessoais com as da empresa, principalmente em negócios de pequeno porte.

O que acaba acontecendo é que parte dos recursos financeiros que entra no caixa da organização acaba sendo utilizada para pagar contas particulares, e quando é preciso de dinheiro, o empreendedor acaba recorrendo a empréstimos ou entrando no cheque especial. Por isso, o ideal é realizar uma gestão financeira responsável e organizada, na qual as despesas particulares não se misturem com as da empresa.

Powered by Rock Convert

2. Negocie prazo com os fornecedores

Se você já desenvolveu um bom relacionamento com seus fornecedores porque arca com seus pagamentos em dia, é natural que tenha crédito o suficiente para propor uma negociação dos prazos. Seja sincero e deixe claro que essa parceria pode ser lucrativa para ambos. Um diálogo verdadeiro, somado a uma boa reputação, pode resultar em prazos mais flexíveis e que favoreçam a estabilidade das finanças da empresa.

3. Reduza as despesas

Existem duas maneiras de otimizar a margem de lucro de um negócio: aumentar as vendas e reduzir as despesas. Se o negócio já está fazendo o que pode em relação à primeira opção, a alternativa restante é enxugar os custos.

Solicite o aconselhamento externo de um consultor financeiro ou de seu contador para verificar quais são as despesas fixas e variáveis de sua empresa, de modo que você possa analisar com clareza o que pode ser reduzido ou eliminado.

4. Negocie suas dívidas

Se, mesmo após organizar a situação financeira do negócio e eliminar custos, você continua endividado, talvez seja o momento de negociar as dívidas com pagamento a prazo em prestações que se encaixem no orçamento. É muito comum que os próprios credores ofereçam alternativas justas de renegociação.

Caso você decida recorrer a empréstimos, tenha muito atenção na hora de analisar as condições e as taxas de juros cobradas pela instituição financeira. Afinal, não adianta se livrar de uma dívida para entrar em outra maior ainda, já que as multas por atraso podem resultar em acúmulos astronômicos.

5. Solicite aconselhamento externo

Como já mencionamos, se você está com dificuldades para aumentar o capital de giro, não hesite em procurar pelo auxílio de profissionais com experiência em gestão financeira. Um serviço de consultoria externa deve ser encarado como um investimento, e não uma despesa, já que gerará um retorno financeiro positivo para os caixas da empresa.

Quais as causas da falta de capital de giro?

Para concluirmos, é importante ressaltar que muitos empreendimentos, independentemente de segmento ou porte, sofrem com dificuldades financeiras por conta da falta de capital de giro, ainda que tenham uma boa base de clientes e um volume de vendas satisfatório.

Entre os motivos pelos quais isso pode acontecer, podemos citar:

  • falta de poder negociação com fornecedores e clientes;
  • grande volume de despesas internas;
  • mais contas a pagar do que a receber;
  • baixa velocidade de giro financeiro — prazos de recebimento pela venda de produtos ou serviços muito longos;
  • ineficiência no controle de estoque;
  • processos e mecanismos obsoletos para execução das tarefas cotidianas da empresa;
  • ausência de uma ferramenta tecnológica para controle financeiro.

Como você pôde concluir neste conteúdo sobre como aumentar o capital de giro da empresa, é preciso ter responsabilidade com as finanças empresariais e separá-las de suas despesas pessoais. Além disso, mostramos que a redução de custos é um dos melhores caminhos para aumentar a lucratividade e garantir uma boa saúde financeira.

Este artigo foi útil para você? Então, descubra como uma fintech pode ajudar a sua empresa a melhorar o controle de contas a pagar!

Posts relacionados