consulta cnpj negativado consulta cnpj negativado

Consulta CNPJ negativado: saiba como evitar e proteja sua empresa

7 minutos para ler

Economia, sazonalidade, novos concorrentes… A lista de razões pelas quais o faturamento de uma empresa pode ser afetado é enorme. Em função disso, muitos empreendimentos acabam passando por crises financeiras e podem até sofrer com o nome sujo. Por essa razão, é importante ficar atento e realizar uma consulta de CNPJ negativado para acompanhar a situação de perto.

Manter as contas em dia é algo imprescindível para uma boa análise de crédito, que pode ser utilizada tanto para fechar novos negócios quanto para conseguir recursos para investimentos. O que os parceiros querem saber, na verdade, é se a empresa honra com os compromissos que faz e se arca com as suas obrigações em dia.

Quer saber como manter a reputação da sua empresa e garantir que o seu CNPJ não seja negativado? Então, acompanhe este post até o fim e entenda tudo sobre o assunto!

O que é um CNPJ negativado?

Quando você inicia uma nova negociação com um fornecedor, parceiro ou banco, por exemplo, uma das primeiras coisas a serem feitas é uma consulta de CNPJ negativado. Isso determina se a sua empresa tem ou não alguma pendência financeira, ou seja, se ela está ou não dando conta de arcar com as suas dívidas.

Essa consulta fornece vários dados da empresa, desde razão social, natureza jurídica e se o cadastro está ativo. Mas não é só isso. Com uma busca mais avançada, é possível conferir se ela já sofreu ações judiciais, processos de falência e, até mesmo, se já emitiu cheques sem fundo. Essas restrições ajudam a entender quão seguro é fazer um acordo financeiro com o empreendimento.

Em alguns casos, a empresa não chega a ser negativada. Ela pode ser protestada, o que significa uma provação de que está inadimplente. Durante esse procedimento, é fornecido um novo prazo para o pagamento da dívida. Caso ela seja quitada nesse período, o processo não é efetivado.

Já se a conta não for paga, o protesto é lavrado e a empresa passa a constar como negativada junto a serviços como a Serasa Experian, SPC Brasil e a Boa Vista SCPC.

Quais são as implicações para a empresa?

Quando ocorre a consulta de CNPJ negativado, a empresa fica sujeita a diversas limitações de crédito, o que significa que ela é vista como uma má pagadora das suas obrigações. Essa é a principal consequência, mas não é a única.

A negativação carrega com ela uma série de juros cobrados pelo atraso no pagamento da conta e, em alguns casos, pode envolver até processos judiciais. Você pode imaginar o quanto isso coloca em risco a reputação e o desempenho do negócio no mercado.

Por isso, a regularização da situação é urgente. Seja pela quitação, seja pela renegociação da dívida, sua empresa deve buscar soluções para resolver esse impasse o quanto antes e ter o seu nome retirado da consulta de CNPJ negativado. Do contrário, continuará impedida de realizar compras a prazo, financiamentos e alterações contratuais.

Como evitar futuras negativações?

Depois de pagar a dívida e ter o nome retirado da consulta de CNPJ negativado, é preciso reorganizar internamente o negócio para que ele não volte a sofrer futuras negativações. Confira como fazer isso.

Realize um planejamento financeiro

O primeiro passo para evitar que a situação se repita é realizar um planejamento financeiro eficiente, que considere todas as despesas da empresa, de curto a longo prazo. Assim, ela saberá exatamente quais são as suas obrigações e pode se organizar para pagá-las em dia.

Além disso, é imprescindível que todo investimento ou compra feita seja parte do planejamento. Isso faz parte do controle financeiro que garantirá a saúde do negócio. Assim como acontece com pessoas físicas, o descontrole das contas e os gastos superiores às receitas levam ao endividamento, algo que você não deseja.

Tenha apoio de recursos humanos qualificados

Ter uma equipe ou um funcionário de confiança para manter o controle das finanças também é uma boa estratégia. Em alguns casos, surgirão oportunidades que demandarão assumir novas dívidas, mesmo que a empresa não tenha pago as antigas.

Nesse caso, é importante ter alguém que entenda do assunto para calcular os riscos dessa operação. Para isso, certifique-se de qualificar seu pessoal para que ele sirva de apoio na tomada de decisões e ajude a transformar o negócio em uma atividade sustentável ao longo do tempo.

Busque ajuda especializada

Em alguns casos, por mais estratégica que a sua administração seja, será preciso contar com a ajuda de profissionais especializados na reestruturação de dívidas. O mesmo vale para a gestão financeira.

Esses especialistas têm expertise na área e uma experiência bastante vasta com clientes dos mais variados segmentos. Isso, com certeza, enriquece a entrega para a sua empresa, que poderá se beneficiar de soluções rápidas, eficazes e criativas para sanar suas pendências e honrar com seus compromissos.

Crie o hábito de consultar órgãos de proteção

Monitorar o CNPJ da sua empresa é um passo importante para se certificar de que não existe nenhuma pendência no cadastro. Isso faz parte do controle e da saúde financeira do negócio.

Além disso, a consulta ainda serve como um fator de proteção para a sua empresa, pois ajuda a identificar sempre que ocorre o uso indevido do CNPJ. Dessa forma, caso haja alguma pendência, você consegue adotar medidas antes que isso prejudique a imagem e a situação cadastral do negócio.

Quais são as soluções de reestruturação de dívidas?

Existem diversos recursos para quem precisa reestruturar suas dívidas, depois de passar por um processo de negativação. Confira alguns deles:

  • tentar uma negociação com a instituição financeira com quem você tem um melhor relacionamento;
  • pedir um empréstimo com garantia, com juros menores;
  • solicitar um empréstimo com o seu CPF;
  • colocar à venda bens ou ações da sua empresa.

No entanto, nenhuma dessas soluções é fácil, e algumas delas chegam a ser arriscadas, afinal, a empresa estará contraindo uma dívida ainda maior. Por isso, foram criadas alternativas como a antecipação de recebíveis. Trata-se da transferência de responsabilidade pelos recebíveis do seu negócio a um terceiro, que paga grande parte do valor para a sua empresa.

Nesse caso, seu empreendimento estará vendendo o direito de receber pelas vendas de longo prazo (no boleto, cartão de crédito etc.). Em troca, ocorre a cobrança de uma taxa de juros (menor do que a exercida em empréstimos e financiamentos) pelo serviço.

A grande vantagem da antecipação de recebíveis é que a empresa não precisa contrair nenhuma dívida. Ela utiliza um recurso que já é dela para quitar suas pendências e garantir um bom fluxo de caixa. No entanto, é importante incluir essa antecipação no planejamento, especialmente, para que você não conte mais com o dinheiro que seria recebido ao longo do tempo.

Agora, você já entende tudo o que precisa sobre a consulta de CNPJ negativado. Deu para perceber que a organização financeira é fundamental para manter a reputação da sua marca perante o mercado, certo?

Que tal aproveitar para tirar todas as suas dúvidas sobre a antecipação de recebíveis? Converse conosco e conheça as nossas opções!

Posts relacionados

2 thoughts on “Consulta CNPJ negativado: saiba como evitar e proteja sua empresa

Deixe um comentário