Quais são os principais desafios do microempreendedor no Brasil?

4 minutos para ler

Não dá para negar que o brasileiro é dotado de habilidades como criatividade, jogo de cintura e resiliência, especialmente para empreender. Seja por necessidade, oportunidade ou qualquer outra razão, milhares de pessoas iniciam diariamente novos negócios no país. Por isso, é importante conhecer os principais desafios do microempreendedor.

Se você quer ficar por dentro do assunto e descobrir mais sobre o que os micro e pequenos empreendedores enfrentam no mercado brasileiro, continue conosco. Aproveite a leitura!

O mercado de empreendedorismo brasileiro

Pode-se dizer que o mercado brasileiro é bastante favorável para o microempreendedor. Isso porque qualquer pessoa, sendo profissional autônomo e possuindo um faturamento de até R$ 81 mil anuais, pode se formalizar como MEI e usufruir de um CNPJ, com todas as vantagens inerentes a ele.

O processo de formalização é gratuito e dispensa o microempreendedor de apresentar algumas obrigatoriedades exigidas de outras empresas, como a escrituração fiscal e contábil. A única comprovação que deve ser feita é de que o faturamento foi inferior ao teto.

Além disso, esses profissionais contam com a cobertura previdenciária, que fornece salário maternidade ou proteção em casos como invalidez, aposentadoria ou afastamento. Os tributos também são bastante reduzidos, o que facilita a continuidade do negócio.

Por essas e outras razões, o número de microempreendedores individuais vem crescendo cada vez mais no país. Hoje, já são mais de 10 milhões de MEIs, de acordo com o Portal do Empreendedor.

Os desafios enfrentados pelos micro e pequenos empreendedores

Assumir a posição de chefe, formalizar o negócio e conquistar a tão sonhada estabilidade financeira estão longe de ser os únicos desafios do microempreendedor brasileiro. Existe uma série de obstáculos que devem ser enfrentados para ter sucesso como dono do próprio negócio. Confira a seguir!

Cultura de inovação

Qualquer negócio que se inicia deve estar voltado para o próprio desenvolvimento. Para isso, é importante construir uma cultura de inovação, ou seja, otimizar todos os processos do empreendimento, agilizar suas entregas, qualificar o trabalho e desenvolver uma mentalidade criativa para acompanhar as demandas e mudanças de mercado.

Concorrência

A concorrência, por si só, é um desafio em qualquer modelo ou porte de negócio. No entanto, no caso do empreendedor, ela pode ser ainda mais difícil quando considerados aqueles profissionais que oferecem os mesmos produtos ou serviços de maneira informal, que acabam não pagando impostos. Isso faz com que eles consigam tornar seus preços mais baixos, estabelecendo uma competição desleal.

Burocracia

Apesar de muitos microempreendedores iniciarem suas atividades de maneira informal, hoje é muito mais vantajoso procurar soluções para regularizar a situação. No entanto, isso ainda é visto apenas como burocracia, em alguns casos muito complexa. Para driblar essa dificuldade, existe o cadastro do MEI, uma maneira simples e rápida de reunir a legalização do empreendimento e o suporte à gestão.

Captação de clientes

Conquistar novos clientes também está entre os principais desafios do microempreendedor. No entanto, hoje, com a internet, a divulgação de um negócio não precisa acontecer apenas no boca a boca. É possível criar anúncios atrativos, investir em marketing digital e engajar um público interessante (e segmentado) pelas redes sociais, sem gastar muito com isso.

Controle financeiro

Na grande maioria dos casos, o empreendedor é muito bom na atividade central do seu negócio, mas entende muito pouco sobre gestão, especialmente no começo. Por isso, a administração das finanças também pode se tornar uma dificuldade. Ainda assim, é importante buscar soluções com instituições de apoio às micro e pequenas empresas que ensinam a fazer o controle financeiro.

Oportunidades do mercado no Brasil

Assim como existem os desafios do microempreendedor, também existem diversas oportunidades para esses profissionais. É importante buscar informações acerca de todos os recursos disponíveis, desde crédito digital, incubadoras e investidores que ajudam a fomentar esse tipo de negócio até oportunidades de novos segmentos no mercado.

Para conquistar um crescimento contínuo, é preciso aprender a identificar aquilo que está alinhado aos objetivos do seu negócio. Uma das maneiras mais efetivas de fazer isso é aproveitando todo o conteúdo de gestão disponível gratuitamente na internet.

Se você quer superar ainda mais desafios do microempreendedor, aprenda também como controlar as contas a receber da sua empresa!

Posts relacionados

Deixe um comentário