Dicas para vender mais no final do ano!

Essa é, sem sombra de dúvidas, a melhor época para o varejo. Mesmo que tenham datas especiais, que geram vendas, durante todo o ano, indiscutivelmente o período final, compreendido entre as últimas semanas de novembro e dezembro todo, é o que mais traz lucro para os vendedores. Além do marketing que deve ser feito na empresa, com vender é extremamente importante, por isso fizemos esse artigo para você!
São muitos estímulos que levam às pessoas a comprarem mais nessa época. O pagamento do décimo terceiro salário, as festas de final de ano, presentes para os queridos e até a renovação do material escolar das crianças faz que a circulação de dinheiro aumente de modo exponencial.
Para aproveitar ao máximo os ganhos, preparamos uma série de dicas para não perder nenhuma venda. Com dedicação e simpatia, é possível fazer com que todos se interessem por seus produtos. O ideal é que haja um planejamento conjunto da empresa e dos vendedores, de modo que maximizem os ganhos e trabalhem da melhor maneira.
Seguindo estas dicas, você descobrirá como melhorar – ainda mais – a receita do final de ano. Elas vão desde à organização empresarial, até métodos de melhorar o contato do vendedor e do cliente. Veja quais são!
 
  1. Organize-se.

Se você já está no ramo de vendas há algum tempo, deve ter percebido que o seu faturamento aumenta significativamente no período final do ano corrente. Ao mesmo tempo, também deve ter notado que a organização da empresa tende a se desestruturar e isso acontece por alguns motivos.
A começar do corre-corre diário. Por vezes, a demanda é alta demais e parece tentador deixar para “arrumar a bagunça” de uma vez só. Isso é um erro. Você precisa ter em mente qual é o seu fluxo exato, para poder determinar os custos e os ganhos.
Cuide, também, do seu estoque. Diariamente, vá conferir quantos produtos foram vendidos e quantas vendas não se efetivaram por falta. Use esse momento como uma ferramenta, para conseguir determinar quais são os itens mais procurados e vendidos em sua empresa.
  1. Conheça seu público e o seu estoque.

Uma das maneiras mais efetivas de conquistar vendas, é fazendo promoções. Porém, elas também devem ser planejadas com calma e cautela, de modo que, no final, você não tenha prejuízo. A cada brinde, cada desconto, cada venda casada, um custo está sendo gerado e você deve incuti-lo no repasse final.
Para conseguir manter uma estabilidade saudável no seu fluxo de caixa, considere os produtos que têm em estoque. Quais deles são mais antigos? Quais podem ser usados como uma estratégia de marketing, para “chamar” a venda? Qual produto sai mais? Qual é mais procurado?
São variáveis que precisam ser consideradas. Se você souber usar o custo à seu favor, não só estará ganhando mais, como também terá clientes mais satisfeitos. Afinal, qual consumidor não adora receber um brinde no final de ano?

 

  1. Treine sua equipe.

De nada adianta você criar um planejamento perfeito, se no estágio final as vendas não se concretizarem. Para evitar que esses furos aconteçam, dedique um tempo ao treinamento do seu pessoal. Mesmo que gere um esforço maior, o retorno é garantido.
A qualidade da venda pessoal, onde o vendedor é capaz de atender o cliente com exatidão, ajudando-o com dúvidas e colaborando para solucionar problemas, gera fidelização. Clientes que se sentem bem atendidos, tendem a procurar a loja mais vezes. Essa é uma excelente forma de você continuar tendo boas vendas durante todo o ano e não apenas no período final.

 

  1. Adapte a estrutura de sua empresa.

Com um fluxo maior de pessoas, é natural que seja necessária uma adaptação do cenário cotidiano. Aumentar o espaço é fundamental para que os clientes se sintam à vontade. Se eles precisarem sentar, disponibilize cadeiras. Se for preciso um aumento de funcionários, faça novas contratações. O importante é que, para cada consumidor que entra em sua loja, um produto saia do seu estoque.

 

  1. Invista na propaganda.

Estamos pensando em várias possibilidades que levam o seu cliente à comprar o seu produto, certo? Mas não precisamos nos restringir apenas àqueles que entram na loja. Se há todo um mercado a ser conquistado, então faça com que as pessoas te conheçam!
Investir em comunicação é fundamental quando se quer aumentar as vendas. Distribua panfletos, compre espaços publicitários, use de alternativas de marketing que geram retorno para você.

  1. Crie um ambiente confortável ao seu cliente.

Nesse quesito, não estamos falando apenas do conforto físico, que já foi citado no item anterior. O principal, quando se pensa em confortar o cliente, é deixa-lo à vontade para fazer as compras e criar um ambiente favorável para o seu pagamento. Pense bem: clientes satisfeitos, que não se sentem pressionados, compram mais e compram sempre.
Organize seu fluxo de caixa. Ao fazer isso, você terá completa noção sobre quais as vantagens que pode dar ao consumidor final. Vendas à prazo? Dividir sem juros? Aceitam todas as bandeiras de cartão de crédito? Pagamentos à vista geram desconto? Essas são perguntas que você deve se fazer, antes que o cliente faça. E ele vai fazer, não tenha dúvidas disso.
Caso consiga facilitar o pagamento de seu consumidor, faça disso uma propaganda. Quando ele se sente seguro para comprar, sabendo que as condições de pagamento são acessíveis, ele se lembrará disso quando pensar em uma nova compra. Não faça distinções de clientes. Todos eles são extremamente importantes para você.

  1. Não se esqueça: você também é consumidor!

Da mesma maneira que estamos criando uma estratégia para os seus clientes, pensando em formas de fidelizá-los e levá-los à comprar mais, não se esqueça que você também é cliente. Os seus fornecedores também devem se preocupar com você. Por isso, barganhe.
Procure alternativas para receber seu produto com custo mais baixo ou, quem sabe, com um prazo de pagamento maior. A intenção é que todos ganhem no final: seu cliente, que compra um item com boas condições para pagar; você, que consegue diminuir os gastos; e o seu fornecedor, que irá vender mais. Para ele, o período do final de ano também é mais lucrativo e essa é a hora certa de pechinchar.

Deixe uma resposta