Pequeno Empreendedor: não cometa esses erros!

 

Abrir uma empresa é o sonho de muitas pessoas, mas quase sempre se torna um desafio e tanto para o empreendedor. Muitas vezes, por causa da inexperiência, o empresário acaba cometendo erros simples de gestão e comportamento, mas que podem comprometer o sucesso da empresa.
Alguns desses erros são extremamente comuns e frequentes e por isso vamos listá−los para que você conheça e saiba como evitar.

Atuar na informalidade

É bastante comum que o empreendedor queira fugir dos impostos no início do negócio, e por isso acaba deixando de lado a formalização da empresa. Mas a verdade é que na informalidade o negócio acaba não conseguindo crescer.
Apenas com um CNPJ será possível emitir notas fiscais, abrir contas bancárias, utilizar máquinas de cartão de crédito e solicitar crédito em instituições bancárias.
Além disso, a informalidade gera uma sensação de improviso e pouco profissional o que pode causar perda de mercado e, principalmente, de vendas.

Não ter um plano de negócios

O primeiro passo para qualquer empresa deve ser a elaboração de um plano de negócios, que é uma ferramenta fundamental para o sucesso do projeto. Através dele é possível traçar objetivos e estratégias para atingir etapas importantes da empresa.
É preciso determinar metas, que devem ser claras e específicas, prazos e os custos do projeto para dimensionar a dificuldade dos passos a serem seguidas.

Falta de capacitação

O conhecimento sobre o ramo de atuação da empresa é essencial para um negócio de sucesso, mas apenas a parte técnica não é tudo. Muitos empreendedores se esquecem de que é preciso conhecer sobre administração de empresas e gestão financeira para aplicar corretamente as técnicas e garantir que a empresa tenha sucesso.
É essencial se capacitar nesses segmentos para saber como agir em determinadas situações e tomar as melhores decisões para a empresa.

Desorganização financeira

As principais dúvidas das pequenas empresas estão relacionadas à área financeira da empresa. A desorganização financeira muitas vezes é a principal causa das dívidas da empresa.
Gestão financeira precisa ser tratada como prioridade na empresa e, não entender de finanças é um erro grave que pode comprometer a saúde financeira da empresa.
O primeiro passo é criar um acompanhamento de fluxo de caixa, que pode ser realizado através de planilhas simples, para controlar os valores recebidos e pagos pela empresa, e assim planejar o futuro e o crescimento da empresa.
Pequenas empresas podem utilizar softwares de gestão financeira para ajudar a controlar os recursos da empresa, mas quando a movimentação é muito alta o ideal é contar com a ajuda de um contador.

Confusão patrimonial

Esse é, provavelmente, o erro mais frequente entre pequenos empreendedores. É caracterizado quando o empreendedor utilizar os recursos da empresa para pagar despesas pessoais, como a escola dos filhos ou o aluguel da família.
A maneira correta de administrar os recursos financeiros é estabelecer um valor fixo mensal, e encarar esse valor como um salário, que será utilizado para pagar as contas pessoais.
Não é saudável para a empresa a realização de saques extras, sendo que os recursos da empresa devem ser aplicados no próprio negócio.

Calcular preços errados de produto ou serviços e desconsiderar o lucro

Empreendedores iniciantes costuma ter dificuldade em estabelecer o preço de seus produtos e serviços e, muitas vezes, desconsideram a margem de lucro do negócio.
É muito comum encontrar empresas que vendem muito, mas que permanecem com as contas no vermelho e não conseguem ver o dinheiro entrar. Esses casos certamente contam com os cálculos errados. Saiba que existem fórmulas corretas de realizar esses cálculos para garantir a saúde financeira da empresa.

Não dar a devida atenção ao capital inicial e fluxo de caixa necessários

Compreender a importância do fluxo de caixa e do capital inicial é fundamental em uma empresa. Antes de iniciar a empresa, estudo os valores considerando as perspectivas de retorno de investimento.
Não observar esses valores é um descuido que podem causar prejuízos para a empresa e pode impedir a atração de investidores dispostos a entrar como sócios na empresa, quando essa for a intenção.

Ignorar marketing e divulgação

Estratégias de divulgação devem ser praticadas em qualquer negócio, principalmente em fase inicial, quando a empresa ainda não é conhecida. Acreditar que os clientes chegaram até você sem qualquer esforço é uma ilusão que pode custar caro.
Hoje existem algumas estratégias que não exigem investimento muito alto, e que fazem grande diferença, como o uso correto das redes sociais e do e−mail marketing, por exemplo.
Buscar constantemente o crescimento da empresa é fundamental para qualquer negócio. Invista na sua capacitação e garanta que sua empresa não cometerá esses erros.
Empreender exige dedicação e vontade para ser um sucesso.
Gostou? Veja também como usar a Antecipação de Recebíveis para salvar o seu negócio.

 

Deixe uma resposta